/* */

Blog

CONHEÇA O SCOBY, O INGREDIENTE “MÃE” DA KOMBUCHA

Muitas pessoas que já ouviram falar de kombucha ainda não sabem como essa bebida milenar é produzida ou quais os ingredientes da sua composição. Ou, ainda, não entendem como a bebida é naturalmente gaseificada e pode impactar de maneira positiva a saúde com diversos benefícios para o organismo, como dar um up no sistema imunológico e no funcionamento do intestino.

Conheça 5 benefícios da kombucha para o seu bem estar.

Pois bem: o scoby é quem produz a gaseificação da kombucha e também é responsável pela liberação das vitaminas e enzimas que trazem benefícios para o corpo humano.

Mas o que é a natureza do scoby?

É o que você vai descobrir na leitura deste artigo, além de algumas curiosidades sobre o processo de fermentação desse chá.

Continue com a gente!

 

O que é scoby: o ingrediente “mãe” da kombucha

O scoby é a sigla para Symbiotic Culture Of Bacteria and Yeast. Em tradução para o português, o scoby é a Cultura Simbiótica de Bactérias e Leveduras responsável pelo processo de gaseificação natural da kombucha.

conheca-o-scoby-ingrediente-mae-da-kombucha

Scoby.

A aparência do scoby é de uma panqueca arredondada e com aspecto gelatinoso, que deve ser cultivada e alimentada para a sobrevivência dos microrganismos presentes em sua fórmula. 

O scoby é chamado de ingrediente mãe pois é a partir dele que a fermentação dos chás acontecem e, assim, a kombucha é produzida. Além disso, o scoby “mãe” pode gerar um scoby “filho”, como você irá descobrir ao longo deste texto.

 

Primeira fermentação da kombucha: como alimentamos a colônia do scoby?

Para entender a alimentação dos microrganismos que vivem no scoby, é importante conhecer os quatro ingredientes primordiais do preparo de uma autêntica kombucha, que são: água, açúcar, chá à base da planta Camelia Sinensis (que pode ser chá verde ou preto) e o scoby.

Aprenda o que é kombucha com este vídeo explicativo.

Após preparar uma infusão de chá e adoçá-la com açúcar, deve-se mergulhar o scoby nessa preparação para que a cultura possa ser alimentada. Em seguida, deve-se reservar este recipiente em um local propício para o desenvolvimento das propriedades da kombucha.

Para evitar a contaminação do chá durante a primeira fermentação, deve-se cobri-lo com um tecido limpo.

A primeira fermentação ocorre pelo período de 15 a 20 dias e a temperatura pode ser um fator variante durante este processo, podendo levar menos ou mais tempo.

Esta etapa estará concluída quando, no topo do líquido, você perceber que uma segunda colônia se formou. Esta segunda colônia é chamada de “colônia filho” e pode estar ainda grudada à colônia mãe, por isso é necessário ter um cuidado especial ao removê-la do seu ambiente de desenvolvimento para que ela não se parta.

Além disso, o sucesso da primeira fermentação também é identificado pela presença dos gases liberados pelas bactérias e leveduras.

 

Como ocorre a segunda fermentação da kombucha

Você sabia que é possível saborizar as kombuchas?

A saborização acontece no processo chamado segunda fermentação, que consiste na remoção das colônias da bebida e inserção de frutas e/ou especiarias na infusão para que ela fermente por mais alguns dias e assim esteja pronta para o consumo.

O scoby da fermentação ainda é ideal para uso em novos preparos de kombucha, mas é importante manter a colônia armazenada corretamente e também alimentada com uma quantidade em chá para que os seus microrganismos não morram.

 

Cuidados gerais 

É importante ser cuidadoso durante todo o processo de fabricação da sua kombucha. Por isso, listamos alguns itens indispensáveis para você estar em dia com os cuidados essenciais do seu scoby e de sua kombucha:

  • Higienização adequada (das mãos e dos instrumentos utilizados para manipulação do scoby)
  • Buscar a temperatura ideal para a fermentação
  • Utilizar recipientes de vidro (recomendado) para melhor preservação dos nutrientes da kombucha
  • Verificar a qualidade do ar, para que este não contamine a kombucha e a torne imprópria para consumo
  • Paciência e respeito com o tempo de fermentação da kombucha para obter uma bebida naturalmente gaseificada

Com todas as informações desse post, dá até vontade de produzir a sua própria kombucha, não é?

Se você quiser ter essa experiência, adquira o seu KIT Fermentação e receba em casa os utensílios necessários para começar a fermentar e ter contato com um novo universo de possibilidades em sabor e saúde.

WhatsApp WhatsApp